Quais doenças podem ser amenizadas pelo uso contínuo da própolis verde?

Quais doenças podem ser amenizadas pelo uso contínuo da própolis verde?

Quando falamos do uso contínuo e prolongado da própolis verde, o leque de benefícios é imenso principalmente para algumas doenças sem cura. A própolis verde vem como um coadjuvante em diversos tratamentos, aumentando a qualidade de vida do indivíduo.

Pessoas que sofrem de sinusite, bronquite crônica, rinite alérgica, faringite e pneumonia se beneficiam muito da própolis verde, pois o alimento conta com propriedade expectorante. Uma dica extra para essas pessoas é excluir leite e seus derivados de sua dieta, dado a relação dos laticínios com essas doenças.

Uma das propriedades mais intrigantes da própolis verde é sua capacidade anticâncer por conta da artepelin C (ArtC), um macrófago de tumores. Assim, o alimento atua na prevenção e no tratamento de alguns cânceres, e é recomendado como prevenção para quem tem casos da doença na família.

Como usar própolis?

A melhor forma de usar própolis é junto com uma xícara de chá logo pela manhã. Além disso, para melhorar ainda mais sua experiência, adicionar um pouco de mel é uma ótima ideia.

Como qualquer remédio, utilizar muita própolis verde pode fazer mal e, por isso, é recomendado, no máximo, algumas gotas 3 vezes ao dia. Para isso, basta consumir um pouco no café da manhã, no almoço e antes de ir dormir.

Outra dica valiosa são os gargarejos com própolis. Se sua garganta estiver inflamada, pingue algumas gotas de própolis em um copo de água e faça um gargarejo longo. Os efeitos benéficos serão sentidos logo após a aplicação, permitindo que sua garganta melhore rapidamente.

Gostou de nossas dicas sobre própolis? Não deixe de conferir nossos artigos sobre esse produto precioso!