União polêmica entre princesa e plebeu agita o Japão

2021-10-05


O noivado aconteceu em 2017 e a princesa Mako e seu colega de faculdade Kei Komuro casam esse mês


De acordo com a emissora NHK, princesa Mako e seu noivo Kei Komuro devem se casar no próximo dia 26. 


​A princesa, hoje com 29 anos, é neta do ex-imperador japonês Akihito, mas está muito próximo de abdicar de seus status de realeza. 


​O noivo conheceu Mako na Universidade há 9 anos, na capital Japonesa, e antes de se tornar conhecido por ser um noivo real tinha seu nome associado ao “Príncipe do Mar”, apelido que recebeu depois de uma campanha turística para a praia uma cidade ao sul de Tóquio, chamada Fujisawa.
​Além de perder o título de princesa, Mako também abre mão de um pagamento de mais de um milhão de dólares, o que é equivalente a 5,3 milhões de reais para a cotação atual. Essa quantia ela deveria receber, segundo as tradições, para iniciar sua vida à parte da realeza, mas renuncia e, assim, encerra polêmicas em torno desse casamento tão adiado quanto esperado. 
​Após o casamento, o casal deve se mudar para Nova York, onde Komuro exerce seu ofício de advogado.  ​


​Apesar da lei imperial do Japão considerar para herança do trono apenas herdeiros do sexo masculino, princesas que se casam com plebeus perdem seu status real e, com isso, a família imperial pode se ver na situação de não ter ocupantes suficientes para os compromissos da realeza.

Noivo na mira


​Com o casamento da princesa Mako confirmado nessa última sexta-feira, dia 1º pela agência da Casa Imperial, a imprensa local começou a veicular notícias sobre o tema. 


​A união do casal, adiada já há bastante tempo, se dará dia 26 de outubro desse ano e vê levantar-se em seu entorno uma circunstância não muito favorável. Além de tudo que envolve o casamento, a agência contou à mídia que a princesa passa por um momento de estresse pós-traumático justamente por toda essa cobertura em torno dela e de sua família. Foram anos de críticas e polêmicas em torno do casamento da princesa e do plebeu de mesma idade. 


​A vigia em torno do nome do noivo continua em razão de um suposto empréstimo que sua mãe teria pedido a um ex-noivo e não devolvido. Esse ex parceiro da futura sogra da princesa acusa uma dívida maior que 4 milhões de ienes, dinheiro que teria sido emprestado para custeio dos estudos de Komuro, que em 2018 saiu do Japão para estudar direito nos Estados Unidos também para esvaziar as notícias polêmicas e a pressão em torno de seu nome. 
​Essa disputa financeira é considerada escandalosa no Japão, pois no país é esperado um comportamento irretocável dos membros da família imperial. 
​Ainda falando sobre o casamento, uma das emissoras japonesas, procurou por Kpmuro em Nova York e veiculou imagens do futuro marido da ainda princesa japonesa usando um rabo de cavalo, detalhe que uma vez mais gerou um alvoroço entre os usuários japoneses mais conservadores do Twitter.

Novidades Ver mais

Brasileiro Roney concorrerá para governador em Mie

O brasileiro Roney Tsuyoshi Ishikawa concorrerá pa

2021/09/10

Garrafa com mensagem aparece no Havaí depois de 37 anos

Na década de 80 estudantes atiraram 750 garrafas a

2021/10/14

Garrafa com mensagem aparece no Havaí depois de 37 anos

Na década de 80 estudantes atiraram 750 garrafas a

2021/10/14

Japão abranda restrições para a entrada de turistas totalmente imunizados

Japão abranda restrições para a entrada de turista

2021/11/28

Parque Nacional do Governo Musashi-Kyuryo, a primeira atração desse estilo

O primeiro parque nacional de todo governo japonês

2021/11/17

União polêmica entre princesa e plebeu agita o Japão

​União polêmica entre princesa e plebeu agita o Ja

2021/10/05

Novidades de ofertas de empregos

Reposição de adesivos/Colagem de ladrilhos.

¥1200/h
Shiga-ken Kouka-shi
2021/12/02

ステッカー/接着タイルの交換

ステッカー/接着タイルの交換
時給1200円
滋賀県 甲賀市
2021/12/02

Reposição de adesivos/Colagem de ladrilhos.

Reposição de adesivos/Colagem de ladrilhos.
¥1200/h
Shiga-ken Kouka-shi
2021/12/02